64 different countries have visited this site

free counters

sexta-feira, 22 de março de 2013

JORNALÕES TEM CULPA PELOS ERROS DO ENEM


ENCONTRAMOS A EXPLICAÇÃO PARA OS ERROS GROTESCOS NAS REDAÇÕES DO ENEM

O Brasil assistiu, estarrecido, à ribombante revelação de O Globo, publicada na edição de 18/3, de que alguns estudantes receberam a nota máxima na prova de redação do Enem, mesmo depois de cometer erros grosseiros de português. 

Como sói acontecer quando se trata de usar qualquer motivo para esculhambar qualquer governo do PT, a imprensa golpista "repercutiu" imediatamente o furo do jornalão carioca. 

Portais noticiosos e edições digitais dos principais veículos dos conglomerados mafiomidiáticos esbaldaram-se com as besteiras dos adolescentes, pinçadas com esmero de algumas redações. 

Que governo incompetente é esse, que confere nota 1.000 a tamanha ignorância? 

- era o que estava nas entrelinhas, ou no subtexto, dos editoriais indignados. 

Pois, este Cloaca News, perplexo com tamanha afronta à língua-mater, resolveu investigar o problema em sua origem. 

Após apurar que boa parte das escolas - públicas e privadas - adotou a prática de indicar textos "jornalísticos" como referência aos estudantes, descobrimos que estavam ali as fontes inspiradoras da juventude. 

Constatamos ainda que, não por acaso, o governo tucano paulista comprou milhares de assinaturas de algumas porcarias impressas para “instruir” os alunos da rede pública. 

A sequência de imagens a seguir é parte de nosso singelo acervo, colecionado ao longo dos últimos quatro anos, dedicado à contribuição da gloriosa "grande imprensa" brasileira à formação intelectual e moral de nossos jovens.


G1 obteve nota máxima em estupidez

.
Rosane de Oliveira, de Zero Hora: Hors Concours 
do Troféu Muar de Gramática Normativa
.
Revista Veja: jornalismo indecente
.
RBS: na vanguarda da ignorância
.
Folha: não dá pra não rir
.
Analfabetismo em dose cavalar
.
Zero Hora cria serviço de submarinos em Porto Alegre
.
ZH: burrice gritante
.
Ainda bem que não computaram as transmissíveis.
.
Texto de ZH. Alguma dúvida?
Curioso mesmo é que, ao reproduzir a reporcagem do Jornal Nacional sobre as bobagens das redações do último Enem, o portal G1, das Organizações Globo, demonstrou que se trata, na verdade, de uma feroz batalha entre os rotos e os descosidos...

Clique aqui para conferir na fonte
Se quiser ver tudo o que já publicamos com o marcador "Analfabetismo", clique aqui..

POSTADO POR CLOACA NEWS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por respeitar este espaço livre e democrático e por comentar!